Início Música Viva a música Portuguesa! APITA O COMBOIO

Viva a música Portuguesa! APITA O COMBOIO

Nos quatro cantos do mundo esta música encanta! Viva a música Portuguesa "Apita o Comboio"

11931
0
PARTILHE

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Viva a música Portuguesa! APITA O COMBOIO Vídeo de: Antonio Oliveira Soares

A LOCOMOTIVA A VAPOR

Um dos primeiros precursores daquilo que se tornou mais tarde o comboio foi o auto-propulsor idealizado pelo jesuíta flamengo Ferdinand Verbiest, em Pequim, em 1681. Em 1769, um militar também francês, de seu nome Joseph Cugnot, construiu em Paris um veículo a vapor destinado ao transporte de munições.

A locomotiva e, subsequentemente, as vias férreas só apareceriam com o engenheiro inglês Richard Trevithick. Este, depois de várias tentativas, construiu em 1804 uma “locomotiva” de quatro rodas que conseguiu já puxar cinco vagões com dez toneladas de carga e setenta passageiros, a 8 km/hora, sobre trilhos em ferro fundido.

Em 1812, o inglês John Blenkinsop construiu então uma locomotiva que, ao deslocar-se sobre carris de ferro fundido, dispunha de dois cilindros verticais que movimentavam dois eixos unidos a uma roda dentada, a qual acionava uma cremalheira.

Mas seria George Stephenson a dar o impulso decisivo ao desenvolvimento da locomotiva e, por conseguinte, do comboio. Mecânico nas minas de Killingworth, construiu em 1814 a sua primeira locomotiva a vapor para o caminho de ferro desse estabelecimento mineiro. A máquina, batizada de Blucher, conseguia puxar trinta toneladas a 6 km/hora. Em 1846, Stephenson inventava um modelo de locomotiva que seria a base conceptual e mecânica do comboio até pleno século XX.

Ainda na primeira metade do século XIX, as rodas motrizes passaram a estar atrás da caldeira, permitindo assim o uso de rodas de grande diâmetro e um aumento de velocidade. Era o começo da era da locomotiva a vapor, imperatriz dos caminhos de ferro de todo o mundo durante mais de um século.

Em Portugal, o comboio “nasceu” em 1856, com a abertura de 26 km de linha entre o Carregado e Lisboa. Na década seguinte, surgiram mais linhas, na região de Lisboa. Em 1877, chegava já ao Porto, concluindo-se a linha do Norte. A companhia de Caminhos de Ferro Portugueses (CP) nasceu em 1865. As primeiras locomotivas a diesel surgiram apenas em Portugal em 1947 e as elétricas só dez anos depois. Atualmente, existem comboios rápidos entre Lisboa e Porto (Alfa), com a versão “Pendular”, mais rápida.

DEIXE UMA RESPOSTA