Início Regressar às Origens Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países

Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países

Quem já lá esteve, sabe: uma vez em Rio de Onor basta para que nunca mais nos esqueçamos dela. Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países.

649
0
PARTILHE
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países

Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países Vídeo de: 360portugal | Fotografia e video aéreo, visitas virtuais 360º de Portugal

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Rio de Onor

Quem já lá esteve, sabe: uma vez em Rio de Onor basta para que nunca mais nos esqueçamos dela.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Numa altura em que o zeitgeist nos faz duvidar se o regionalismo, o último bastião contra esta moda que é a mundialização e uniformização dos gostos, está em queda abrupta, sobram-nos coisas como Rio de Onor, para nos darem algum alento e continuar a acreditar na diversidade cultural.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
A aldeia de Rio de Onor está inserida no Parque Natural de Montesinho, concelho de Bragança, sendo atravessada pela fronteira com Espanha. De um lado, Rio de Onor, do outro, Rihonor de Castilla.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Esta aldeia comunitária é uma das mais bem preservadas do Parque Natural de Montesinho, com casas típicas serranas em xisto com varandas alpendradas, muito bem recuperadas. Goze momentos de pleno repouso ficando alojado numa unidade de turismo, ou no parque de campismo de Rio de Onor.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
A aldeia raiana é atravessada pelo rio Onor, também conhecido como rio Contensa, e a sua praia fluvial convida a momentos de descanso, junto às águas límpidas do rio!
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Em rio de Onor, descubra a Ponte Romana, a Igreja Matriz, o forno, a forja e os moinhos comunitários.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Aventure-se na descoberta da beleza natural desta região percorrendo o Roteiro da Baixa Lombada e Onor, que atravessa as aldeias de Baçal, Sacoias, Aveleda e Varge. O artesanato típico da aldeia engloba peças de cestaria e carpintaria e na gastronomia destacam-se os saborosos enchidos.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países
Das tradições ancestrais de Rio de Onor merecem uma menção o rionorês, dialeto que nasceu da mistura do castelhano e do português e que, ainda hoje, é falado na aldeia; e a Festa dos Reis (6 de janeiro), um rito da puberdade no qual participam os rapazes solteiros.
Rio de Onor: Uma Aldeia que une dois países

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here