Início Música Raquel Tavares FUI COLHER UMA ROMÃ

Raquel Tavares FUI COLHER UMA ROMÃ

Raquel Tavares (a cappella) com o público, num momento extraordinário. A música popular alentejana no seu melhor: Fui colher uma romã

608
0
PARTILHE
Raquel Tavares
Raquel Tavares

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Raquel Tavares FUI COLHER UMA ROMÃ Vídeo de: henriefe

Fui colher uma romã

Fui colher uma romã
Estava madura no ramo
Fui encontrar no jardim
Aquela mulher que eu amo

Eu quero ir p’ra cidade
Já que o campo me aborrece
Que eu lá na cidade tenho
Quem penas por mim padece

Fui colher uma romã
Estava madura no ramo
Fui encontrar no jardim
Aquela mulher que eu amo

Aquela mulher que eu amo
Dê-lhe um aperto de mão
Estava madura no ramo
E o ramo caiu ao chão

RAQUEL TAVARES

Raquel Tavares nasceu em Lisboa a 11 de janeiro de 1985.

Assinala a fadista Beatriz da Conceição como uma das suas maiores referências. O seu nome ganhou uma notoriedade nacional no fado pela primeira vez em 1997, ano em que, com 12 anos, venceu na Grande Noite do Fado, iniciativa da Casa da Imprensa.

Ainda antes de de lançar o seu álbum homónimo foi a “atração nacional” na revista do ano de 2005 “Arre Potter que é demais!”, no Parque Mayer, mais concretamente no Teatro Maria Vitória.

O seu álbum Raquel Tavares chegaria em 2006, pela editora Movieplay. Na produção esteve Jorge Fernando, que também tocou viola.

2006 foi ainda o ano em que recebeu o Prémio Revelação Amália Rodrigues, da Fundação Amália Rodrigues.

Na primavera de 2008, também pela Movieplay, saiu Bairro, o álbum de estúdio seguinte produzido por Diogo Clemente que também toca viola de fado. Este trabalho inclui ainda um DVD com realização de Aurélio Vasques e Ana Rocha de Sousa.

Raquel Tavares participou em diversas compilações, como em Novo Fado da editora Difference, em 2006, onde interpreta “Meditando Eu a Vi” ou na secção “Hoje” de Fado: Sempre! Ontem, Hoje e Amanhã = Always! Yesterday, Today and Tomorrow, da iPlay, de 2008, com o tema “Manjerico”

A fadista foi uma das vozes escolhidas para participar na homenagem a Adriano Correia de Oliveira, no CD e DVD da Movieplay, Adriano, Aqui e Agora: O Tributo, de 2007, interpretando “Cantar Para Um Pastor”, com arranjo de Diogo Clemente, tendo ainda participado noutro tributo no mesmo ano, neste caso no documentário João Pedro Moreira “Não Me Obriguem A Vir Para A Rua Gritar: Tributo A Zeca Afonso”, da SubFilmes.

Raquel Tavares passou já por várias casas de fados (“Café Luso”, “Senhor Vinho”, “Arcadas do Faia”, “Adega Mesquita”, “Adega Machado”), sendo agora uma presença regular na Casa de Linhares “Bacalhau De Molho”, onde se podem também encontrar nomes como Celeste Rodrigues, Maria da Nazaré, Ana Moura, Jorge Fernando, Manuel Bastos, Maria do Carmo ou Vânia Duarte.

As suas atuações estendem-se além fronteiras, com visitas registadas a vários países e cidades como Paris, Roma, Madrid e até a Santiago do Chile.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here