Início Música Rancho de Cantadores O MEU CHAPÉU

Rancho de Cantadores O MEU CHAPÉU

Fantástico! Criado há 30 anos, o Rancho de Cantadores é herdeiro de uma longa tradição da arte de bem cantar as belas modas do cancioneiro alentejano.

1847
0
PARTILHE
Rancho de Cantadores
Rancho de Cantadores

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Rancho de Cantadores O MEU CHAPÉU Vídeo de: Pedro Mestre

Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento

O Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento (Baixo Alentejo) nasceu em Abril de 1986.

Um dia, alguns elementos do Rancho juntaram-se ocasionalmente numa taberna a beber uns copos. Cantaram, como era tradição, gostaram de ouvir-se, vibraram de entusiasmo e, sob a euforia, um deles terá sugerido que deviam formar um Rancho. A ideia instalou-se nos espíritos, fervilhou, avolumou-se, galvanizou-os, a ponto de convidarem alguns amigos para o novo Rancho. Fez-se a primeira reunião e o primeiro ensaio em Abril/86; cantou-se logo bem e todos concordaram que deviam organizar-se. Estava formado o rancho

Hoje são o Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento que, logo na sua primeira reunião, decidiu fazer uma recolha das modas antigas cantadas, principalmente, em Aldeia Nova de São Bento. Pretendem que as modas lindíssimas de outros tempos sejam ouvidas e cantadas pelos vindouros para que não se percam.

O traje do Rancho é o domingueiro ou de casamento, usado nas primeiras décadas do século XX, em Aldeia Nova de São Bento, a saber: calça, colete, jaqueta, cinta preta, camisa branca arrendada, lenço de seda com nó direito, bota caneleira e chapéu de copa alta e afunilada. Como adereço, um relógio com corrente de ouro ou de prata, pendente do bolso do colete.

O Rancho é constituído por 30 elementos com as mais diversas profissões.

O Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento teve, desde a sua fundação, brilhantes classificações nos grandes concursos de Cantares Alentejanos realizados em Beja, prova em que participam anualmente cerca de 30 Ranchos:

1.º Prémio em cante (1986)
3.º Prémio em cante e 3.º prémio em trajes regionais (1987)
1.º Prémio em cante e 2.º prémio em trajes regionais (1989)

A MODA DO MEU CHAPÉU

Aldeia Nova de S. Bento,
Plantada no meio do trigo.
Teu cantar é um lamento,
Gosto de cantar contigo.

Se passares à minha aldeia
Não vás de cabeça ao léu
Quando o sol mais almareia
Podes pôr o meu chapéu

Podes pôr o meu chapéu
A mais valiosa herança
Já foi de quem está no céu
E não me sai da lembrança

Quando nos faltar a voz
Há-de haver uma mão-cheia
A cantar por todos nós
Tenho cá na minha ideia

Tenho cá na minha ideia
Que o cante se ouve no céu
Se passares à minha aldeia
Não vás de cabeça ao léu

Quando eu ouço bem cantar,
Paro e tiro o meu chapéu.
Não se me dava morrer,
Se houvesse cante no céu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here