Início Monumentos Palácio dos Duques de Bragança

Palácio dos Duques de Bragança

Guimarães é uma das cidades mais históricas do país. Entre outros importantes monumentos, conta com o espetacular Palácio dos Duques de Bragança, construído no século XV como um palácio medieval, com 39 chaminés de tijolos incomuns!

14024
0
PARTILHE
Palácio dos Duques de Bragança
Palácio dos Duques de Bragança

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Palácio dos Duques de Bragança Vídeo de: Portugal visto do Ceu

Palácio dos Duques de Bragança (Guimarães)

Situado bem no Centro Histórico da cidade de Guimarães, junto ao seu famoso Castelo, encontra-se o Paço dos Duques de Bragança, uma construção senhorial construída durante o século XV, que se configura como sendo uma das mais belas surpreendentes construções dessa época, em Portugal.

O edifício foi construído com o objetivo de servir para habitação dos Duques de Bragança e, atualmente, já não faz parte das muralhas da cidade, nem se encontra no interior de qualquer estrutura defensiva.

Aspetos arquitetónicos do Palácio dos Duques de Bragança

Paço dos Duques de Bragança foi mandado construir por D. Afonso, 1º Duque de Bragança, num estilo borgonhês, que reflete os seus gostos arquitetónicos adquiridos nas várias viagens que realizou pela Europa.

No entanto, o seu aspeto atual já está bem distante do aspeto original, devido às obras realizadas na primeira metade do século XX, quando António de Oliveira Salazar ordenou que este palácio fosse recriado, sofrendo assim grandes alterações.

Apesar dessas alterações, é possível afirmar que o seu traçado original correspondia ao mesmo que agora existe: uma planta quadrangular, medindo cada um dos seus lados cerca de 60 metros.

O edifício dispões de um pátio central e possui quatro torres, uma em cada um dos seus quatro ângulos.

Era nos quatro corpos que se encontram construídos em volta do pátio central que toda a vida do palácio se organizava.

No corpo sudoeste, no primeiro piso, encontra-se o portal que serve de entrada para a capela, em forma de arquivoltas apontadas, que se encontram assentes em colunelos.

Quanto à cobertura, a sua composição é de travejamento de madeira.

As diversas janelas, que se encontram espalhadas pelos quatro corpos do Paço dos Duques, têm formato retangular e são maineladas, sendo as suas arestas chanfradas.

O edifício encontra-se rematado por um coroamento de ameias. Do traçado original, a fachada que se encontra mais conservada é a fachado posterior, sendo que as restantes sofreram grandes alterações.

No interior do Palácio, toda a arcaria é nova, o que faz com que seja difícil saber-se qual seria o seu aspeto original. Não se sabe muito bem a quem atribuir a autoria do projeto do Paço dos Duques de Bragança.

Na verdade, existem documentadas referências ao trabalho de um mestre pedreiro de origem francesa, no ano de 1460, de seu nome Anton, que residia na cidade de Guimarães.

No entanto, não existe nada que nos possa levar a afirmar que tenha sido este o autor do projeto da moradia do Infante D. Afonso.

Ainda assim, visto que a estrutura do edifício não é semelhante à das construções portuguesas dessa época e visto que quem encomendou a sua construção foi D. Afonso, o filho ilegítimo do rei D. João I de Portugal, e um dos portugueses mais ricos, cultos e viajados dessa época, é quase certo que o projeto tenha ficado a cargo de um autor estrangeiro, provavelmente francês, já que é em França que podemos encontrar os edifícios mais parecidos com este.
_

Mais vistos da semana

Mais recentes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here