Início Monumentos Colossal Convento de Mafra

Colossal Convento de Mafra

0
Colossal Convento de Mafra
Colossal Convento de Mafra

Colossal Convento de Mafra

O colossal Convento de Mafra é o mais importante monumento do barroco português, de matriz italiana. Foi projetado por Johann Ludwig (formado em arquitetura em Itália) e construído entre 1717-1730.

Para a Real Basílica de Mafra, D. João V vai encomendar aquela que será a mais significativa coleção de escultura barroca existente fora de Itália, num total de 58 estátuas. O romance de José Saramago “Memorial do Convento” retrata o percurso destas estátuas desde o Tejo, transportadas em barcos pelo rio trancão acima e depois em carros de bois, por um terreno difícil, até chegar a Mafra.

Ambos os ciclos, o da dinastia dos Filipes (1581-1640) e o da Guerras da Restauração (1640-1668) deixaram Portugal num estado de profundo isolamento da europa. Após a Restauração houve uma centralização e a afirmação do poder Real, tendência absolutista, com a diminuição da reunião das cortes.

Durante o reinado de D. João V (1706-1750) sob os auspícios da produção aurífera brasileira, Portugal recompunha-se, e procurava seguir uma política de prestígio. Uma grande parte dos proveitos do ouro do Brasil foi utilizada em grandes obras públicas.

A escultura e as artes decorativas foram também desenvolvidas nesta época, através da azulejaria, e da talha dourada. O Convento de Mafra é apontado como o maior desses exemplos.

Vídeo de: 360portugal | Fotografia e video aéreo, visitas virtuais 360º de Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.