Início Regressar às Origens Mondim de Basto, que terra linda

Mondim de Basto, que terra linda

Nas Terras de Basto, banhadas pelo Tâmega e com vales e montes que as ladeiam, existem riquezas extraordinárias capazes de nos arrebatar! Mondim de Basto, que terra linda.

6708
0
Mondim de Basto, que terra linda
Mondim de Basto, que terra linda

Mondim de Basto, que terra linda Vídeo de: Comunidade Intermunicipal do Ave

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Mondim de Basto

A grande riqueza do concelho de Mondim de Basto reside na enorme diversidade de atractivos que tem para oferecer. Nesta viagem que lhe propomos, não podíamos deixar de destacar, em primeiro lugar, a Nossa Senhora da Graça com todas as suas valências e encantos e o Parque Natural do Alvão, onde pontificam as espectaculares Fisgas de Ermelo, dignos representantes do nosso património cultural, histórico e ambiental.

Continue viagem porque há mais motivos aliciantes:

Rios de sonho, paisagens deslumbrantes, levadas de água límpida, cascatas e riachos, recantos escondidos, água, muita água e uma infindável mancha florestal. A natureza em todo o seu esplendor! Igrejas e capelas românicas, solares imponentes, brasões, ruas velhas, caminhos e trilhos, pontes e vias medievais, castros e menhires, relógios de sol, pelourinhos e cruzeiros, num absorvente passeio pela história e pela tradição.

As surpresas ainda não ficam por aqui:

Aldeias perdidas no horizonte, casas e varandas transmontanas, sardinheiras e craveiros pendurados nas janelas, montanhas a tocarem os céus, vinhas de enforcado, cestas e escadas de vindimas, adegas e lagares, carros de bois a chiar, campos de milho, eiras e espigueiros, desfolhadas, azenhas, bovinos da raça maronesa, rebanhos e pastores, lavadouros, fontes, teares do linho, gente de trabalho, muita gente, a ruralidade como valor primordial!

Percursos pedestres, desportos radicais, caminhadas, caça, pesca, piqueniques na montanha ou à beira rio, jardins e parques, esplanadas, ar puro, o prazer de viver!

Festas e romarias, procissões, andores, tapetes de flores na Solenidade do Corpo de Deus, colchas adamascadas nas janelas, Via-Sacra ao vivo na Sexta-Feira Santa, noite de romeiros no Santiago, Feira da Terra em Agosto, presunto e broa de milho, vinho na malga, cavacas, rosquilhos, pão de ló e bolo da Teixeira, mel de urze dos nossos montes, cantigas ao desafio, ranchos e tocatas, guitarradas e serenatas ao luar, bailaricos e noitadas de Verão, porque a tradição ainda é o que era!

Posta maronesa grelhada na brasa, cabrito assado em forno de lenha, presunto e broa de milho, mel de urze dos nossos montes, bolo da Teixeira, cavacas, rosquilhos, pão-de-ló amarelinho e vinho verde de Mondim!

Diz, quem já cá veio, que aqui se respira qualidade, que aqui se respira qualidade de vida.
_

Mais vistos da semana

Mais recentes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.