Início Música LA VIE EN ROSE Amália Rodrigues 1960

LA VIE EN ROSE Amália Rodrigues 1960

A nossa Amália Rodrigues, além de possuir uma das melhores vozes do século XX, era extraordinária pela sua capacidade interpretativa e magnetismo da sua presença!

21148
0
PARTILHE
Amália Rodrigues
Amália Rodrigues

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

LA VIE EN ROSE Amália Rodrigues 1960 Vídeo de: madeira63

AMÁLIA RODRIGUES
( 23 Julho, 1920 – 6 Outubro, 1999 )

As viagens de Amália sucedem-se, os destinos de atuação no estrangeiro serão uma constante durante a sua longa carreira e abarcam os cinco continentes. Amália Rodrigues tem pois um estatuto de exceção marcado por uma carreira repleta de êxitos e de tournées um pouco por todo o mundo, e não apenas para atuações em comunidades de emigrantes.

Amália Rodrigues foi das poucas figuras que reuniu consenso na sociedade do turbulento século XX português. Por se demarcar como uma das principais figuras da cultura lusa, foi com naturalidade que garantiu um lugar na primeira página do fascículo relativo a Portugal. Foi a partir desta que o fado se emancipou e se definiu claramente como um estilo musical de raízes lusitanas. Para além do seu característico fado, Amália usava a sua versátil e dotada voz para interpretar importações estrangeiras (era multilingue) e por flexibilizar o seu estilo, bebendo até do denominado fado-canção.

As letras que escolhia para colocar nos ouvidos da nação eram essencialmente recortes de obras de poetas como Luís Vaz de Camões, Ary dos Santos, Alexandre O’Neill e até do monarca D. Dinis. A relação estável e por alguns problematizada que mantinha com o ditador Salazar permitia que a sua autonomia artística se afirmasse, conseguindo até granjear prestígio internacional e relançar o património artístico criado no país a diversos cantos do mundo.

O número de cópias vendido até à data da sua morte (30 milhões, tanto dentro como fora de portas) correspondia ao triplo da população nacional. No entanto, há muito para além da vasta obra de Amália, tratando-se ela, para além de uma figura emblemática, de uma mulher marcante e carismática.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here