Início Viagens e Lugares Conheça a Casa de Serralves no Porto

Conheça a Casa de Serralves no Porto

Espaço fabuloso, construído durante o intervalo entre duas guerras mundiais, a casa de Serralves no Porto é um exemplar único de um conjunto moradia-jardim.

135
0
Casa de Serralves no Porto
Conheça a Casa de Serralves no Porto

Conheça a Casa de Serralves no Porto Vìdeo de: 360portugal | Fotografia e video aéreo, visitas virtuais 360º de Portugal

Bem-vinda(o) ao “1001 Top Vídeos”! Os melhores vídeos de Portugal!

Conheça a Casa de Serralves no Porto

A casa de Serralves é um exemplar único de um conjunto moradia-jardim com arquitetura art deco. Construída durante o intervalo entre as duas guerras mundiais 1925-1940, com um grande rigor decorativo e qualidade de materiais, que envolveu os mais famosos arquitetos e decoradores dessa época, como Marques da Silva, Charles Siclis, Emile Ruhlmann, René Lalique, Edgar Brandt e o pasiagista Jacques Gréber.

A quinta do Mata-Sete, que pertencera à sua mãe Maria Emília Magalhães, tinha um jardim romântico, uma capela de 1882 e uma casa de 1918. A história da Casa de Serralves iniciou-se no início dos anos 20 do século XX depois de Carlos Alberto Cabral (1895-1968), 2º Conde de Vizela, ter herdado a quinta de veraneio da sua família.

Homem culto e viajado, tinha uma atração pela modernidade e pela vivência cosmopolita. Em 1927 contrata o arquiteto que já tinha trabalhado com sua família, Marques da Silva, e pede o aumento da casa existente na Quinta, localizada onde se encontra hoje a atual.

O processo de aditamentos e aumentos da casa existente, acaba por obrigar o derrube da antiga casa em 1934, mas mantendo a capela original de pé, embora camuflada por uma nova roupagem de paredes e torre futurista.

Entre Dezembro de 1929 e Janeiro de 1930, o famoso Charles Sicilis (1889-1944) desenha um projeto para o exterior da casa, que unifica todas as partes dela, mantendo os eixos norte-sul, nascente-poente mais importantes de crescimento da casa, e que a relacionam com a ideia inicial de Marques da Silva para o jardim, que entretanto é desenvolvido pelo Arquiteto Paisagista Jacques Gréber (1882-1962)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.